+A -A

Colaboradores voluntários da Duratex apoiam moradores em situação de rua

Programa de voluntariado da companhia incentivou os profissionais a ir às ruas da cidade para conversar e oferecer agasalhos e cobertores a cerca de 1.200 pessoas que não têm teto

Os colaboradores da Duratex estiveram nas ruas de São Paulo, na madrugada da última sexta-feira (30), incentivados pelo D+ Valor, programa de voluntariado da companhia, para conversar com pessoas que vivem nas calçadas da cidade.

A intenção foi distribuir as cerca de 470 peças de inverno – entre cobertores, agasalhos, meias, luvas, toucas e cachecóis – arrecadadas pela Campanha do Agasalho realizada na sede administrativa da Duratex e, mais do que isso, possibilitar aos colaboradores a oportunidade de conhecer as pessoas em situação de rua da cidade.

“Passamos por elas todos os dias, quando vamos e voltamos do trabalho, por exemplo. São pessoas que dormem na avenida onde trabalhamos, ou seja, são nossa comunidade do entorno e, por isso, fazemos questão de que nossos colaboradores conheçam sua realidade e ajudem, dentro de suas possibilidades, a melhorá-la”, diz Débora Spitzcovsky, responsável pelo programa de voluntariado da companhia.

“Nesta madrugada, percebemos que, muitas vezes, uma conversa, um abraço ou a simples demonstração de interesse pelo outro pode ajudar muito mais do que um agasalho que doamos”, completa.

A ação aconteceu em parceria com o Entrega por SP, mobilização social que atua há quatro anos em prol das pessoas em situação de rua da cidade de São Paulo. O projeto promove ações, mensalmente, para distribuir cobertores, roupas e itens de necessidade básica – tais como pastas e escovas de dente, sabonetes e garrafas de água – aos sem-teto, além de promover conversas, abraços e sorrisos. Na ação de junho, da qual a Duratex participou, cerca de 1.200 pessoas em situação de rua foram beneficiadas.

Além da sede administrativa, localizada na Avenida Paulista, em São Paulo, a companhia promove a Campanha do Agasalho em 19 unidades industriais e florestais, de 13 diferentes cidades dos Estados de São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e Santa Catarina. As doações beneficiarão entidades do entorno das unidades e serão entregues pelos próprios colaboradores, a fim de fortalecer cada vez mais seu relacionamento com as comunidades em que atuam.  



Voltar