+A -A

Comercialização de cavaco na Duratex cresce 10 vezes em dois anos

Matéria-prima usada para produzir energia limpa nas próprias unidades industriais da companhia também é vendida para usinas e empresas de diferentes setores

Entre os anos de 2014 e 2016, a Duratex aumentou em 10 vezes o volume de cavaco de eucalipto que comercializa para o mercado. Para 2017, as projeções continuam boas: a empresa deve aumentar a venda do produto em 21%, em comparação com o ano anterior.

Usado para produzir energia limpa nas próprias unidades industriais da companhia, o cavaco de eucalipto é uma biomassa florestal cuja queima emite menos gases de efeito estufa na atmosfera, se comparada a outras fontes energéticas, como gás natural e óleo BPF, derivado do petróleo. Por isso, o grande interesse da indústria em adquiri-lo.

Entre os principais clientes que compram cavado de eucalipto da Duratex estão usinas de geração de energia elétrica e empresas do ramo alimentício, que utilizam a matéria-prima para obter vapor e gás quente para seus processos produtivos.

"Nosso cavaco é gerado a partir de árvores inteiras de eucalipto. Não utilizamos resíduos florestais, o que garante maior homogeneidade da matéria-prima e,
consequentemente, maior poder calorífico nas caldeiras", conta José Ricardo Paraíso Ferraz, diretor Florestal da Duratex. Ele faz questão de reforçar que a companhia
investe constantemente em equipamentos de ponta e processos de manejo florestal.

A Duratex foi a primeira empresa da América do Sul e a décima do mundo a obter a certificação FSC® de Manejo Florestal, o que garante que todas as atividades da
companhia relacionadas à prática são ambientalmente adequadas, socialmente benéficas e economicamente viáveis. Saiba mais aqui.



Voltar