+A -A

Confira os resultados socioambientais da Duratex de janeiro a setembro de 2016

Companhia apresentou melhora de performance nos cinco aspectos ambientais monitorados, em comparação com o mesmo período de 2015. São eles: consumo de água, descarte de efluentes, consumo de energia, consumo de energia elétrica e descarte de resíduos em aterros

A Duratex anuncia ao mercado, nesta segunda-feira (31), seus resultados financeiros referentes ao terceiro trimestre de 2016 e, junto com eles, divulga também seu desempenho socioambiental no período de janeiro a setembro de 2016.

Os resultados são bastante positivos: todos os aspectos ambientais monitorados pela companhia apresentaram melhora de performance, em comparação com o mesmo período de 2015, no consolidado dos dados.

“A única queda de desempenho que tivemos foi com relação ao consumo de água nos negócios da Florestal, por conta da forte estiagem que ocorreu na região de Uberaba, em Minas Gerais, onde possuímos uma unidade. Devido ao fenômeno natural, houve um aumento na demanda por água no período do inverno, sobretudo em nossos viveiros”, explica Ana Clara Rossetto, analista da área de Sustentabilidade da Duratex.

Confira, abaixo, todos os resultados ambientais da companhia para os aspectos Água, Efluentes, Energia e Resíduos, no período de janeiro a setembro de 2016. Os números foram divulgados no fact sheet da empresa, referente ao terceiro trimestre do ano.























 

Voltar