+A -A

Conheça práticas de ecoeficiência de água adotadas pela Duratex

Investir em alternativas que garantam maior eficiência no consumo de água é uma preocupação da Duratex.

Entre outras iniciativas de ecoeficiência hídrica, a companhia capta água da chuva para irrigar seus viveiros de mudas e adota sistemas e mecanismos de reuso em seus processos industriais, como na galvanoplastia e na fabricação de chapas de fibra de madeira.

Além disso, a empresa investe constantemente no aprimoramento da eficiência de suas estações de tratamento, a fim de que grande parte dos efluentes gerados por suas atividades possam ser reaproveitados em seus processos produtivos.

"Acreditamos que companhias que se antecipam à menor oferta de recursos naturais e se preocupam em reduzir os impactos de suas atividades ampliam suas oportunidades de reduzir custos, mitigar riscos, ganhar competitividade e garantir a perenidade de seus negócios. Neste sentido, aprimorar nossa eficiência em aspectos ambientais e reduzir a pressão que exercemos sobre a disponibilidade de insumos e a qualidade do meio ambiente são premissas de nossos negócios", diz Luciana Alvarez, gerente de Sustentabilidade e Comunicação da Duratex.

Para o ano de 2025, a companhia prevê reduzir em 10% o consumo relativo de água em suas atividades, além de diminuir em 50% o volume hídrico usado nos processos de irrigação de suas florestas. As metas estão contempladas na Estratégia de Sustentabilidade da empresa, que guia a atuação de todos os seus colaboradores.

Para saber mais sobre as práticas de ecoeficiência de água adotadas pela Duratex, assista ao vídeo abaixo e acesse o Relatório Anual 2016.



Voltar