+A -A

Duratex capacita detentos para produção de chuveiros Hydra Corona

Projeto implementado em penitenciárias de Santa Catarina e Sergipe já treinou 200 presos para a atividade, estimulando a reinserção desse público no mercado de trabalho

Contribuir para o desenvolvimento das comunidades em que atua é uma das diretrizes da Política de Responsabilidade Social da Duratex. Por isso, a companhia mantém, entre outras iniciativas, programa de capacitação de detentos para a produção de chuveiros da marca Hydra Corona.

O treinamento é dado por colaboradores das fábricas de Aracaju (SE) e Tubarão (SC), que diariamente vão às unidades prisionais Complexo Penitenciário Dr. Manoel Carvalho Neto e Penitenciária Sul Criciúma, que participam da iniciativa, para treinar os detentos e acompanhar o processo produtivo.

Os presos são capacitados para atuar em diferentes etapas do processo de montagem dos chuveiros. Entre elas, encaixe de peças plásticas, separação de componentes ferrosos e não ferrosos e desmontagem de produtos originados de devolução. As peças preparadas por eles são enviadas às fábricas Hydra Corona para montagem dos produtos finais.

Penitenciária Sul Criciúma, em Santa Catarina

“Os detentos que participam do projeto são remunerados com um salário mínimo, que é pago às suas famílias ou ainda depositado em conta bancária para resgate após o cumprimento da pena”, explica Roberto Zanola, diretor geral da Hydra Corona.

Ele completa: “As oficinas dão aos presos a oportunidade de profissionalização, estimulando sua reinserção no mercado de trabalho. É muito gratificante proporcionar a essas pessoas a chance de ocupar seu tempo de forma produtiva”.     

200 detentos das penitenciárias de Santa Catarina e Sergipe já participam da iniciativa e a Duratex planeja ampliar o projeto para, pelo menos, mais 100 presos até julho de 2016. Clique aqui para conhecer mais a respeito das iniciativas da companhia nas comunidades em que atua por todo o Brasil.



Voltar