+A -A

Duratex comemora Dia do Caminhoneiro com ação de combate à exploração sexual nas estradas

Patrocinadora do programa Na Mão Certa, companhia promoveu palestras e distribui folders e CDs em suas unidades para incentivar caminhoneiros a denunciar os casos de abuso sexual contra crianças e adolescentes que acontecem nas rodovias do Brasil

A última sexta-feira (16) foi agitada nas fábricas da Duratex. Em comemoração ao Dia do Caminhoneiro, os colaboradores da companhia promoveram uma força-tarefa para conscientizar os inúmeros motoristas que passam por suas unidades diariamente – seja para levar matéria-prima ou para buscar produtos que serão entregues aos clientes.

Batizada de “Juntos na Estrada pela Proteção da Infância”, a iniciativa promoveu palestras e distribuiu CDs e folders para os caminhoneiros sobre a importância do combate à exploração sexual de crianças e adolescentes nas estradas do país. A ideia é incentivá-los a denunciar os casos de abuso que presenciam enquanto viajam Brasil afora pelas rodovias.

 

A ação, promovida pelas fábricas de Uberaba, Taquari, Recife e Botucatu, é uma parceria da Duratex com o programa Na Mão Certa, da Childhood Brasil, do qual a companhia é signatária desde 2007. “Queremos aproveitar ao máximo o contato que temos com esse público para disseminar a causa. Estudo feito pela Polícia Federal mostra que existem 1.969 pontos de risco para a exploração sexual de crianças e adolescentes nas rodovias do país, o que torna esse público uma peça fundamental no combate ao problema”, explica Luciana Alvarez, gerente de Sustentabilidade e Comunicação da Duratex.

Em maio, a companhia promoveu uma ação semelhante, durante a Semana Nacional de Combate à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes.

Assista, abaixo, ao vídeo institucional da Childhood Brasil, que fala sobre o dever da sociedade de assegurar uma infância livre de abuso e exploração sexual a todas as crianças e adolescentes. Denúncias a respeito do tema podem ser feitas, anonimamente, pelo Disque 100 da Secretaria Nacional de Direitos Humanos.



Voltar