+A -A

Duratex palestra em workshop sobre transparência na divulgação de informações climáticas

Considerada referência no tema no Brasil, companhia foi convidada pela iniciativa internacional TCFD, presidida pelo empresário Michael Bloomberg, para contar sobre a governança, mapeamento, mensuração e divulgação de suas informações climáticas para o mercado financeiro

Atuar sempre com transparência e ética é uma das premissas da governança corporativa da Duratex, que nesta quinta-feira (1) participou de workshop que visa debater como as empresas podem divulgar os riscos e oportunidades relacionados às mudanças climáticas para o mercado.

Considerada referência no tema no Brasil, a Duratex foi convidada para palestrar no evento, ao lado de outras três empresas, a fim de dividir sua expertise com representantes do setor empresarial. “É um prazer participar e contribuir para essa temática das mudanças climáticas, cuja tendência é influenciar cada vez mais na tomada de decisões dos investidores”, diz Guilherme Setubal Souza e Silva, gerente de Relações com Investidores da Duratex, que representou a companhia no evento.

O workshop faz parte da iniciativa TCFD (Task Force on Climate-Related Financial Disclosures), promovida pelo Conselho Mundial de Estabilidade Financeira e presidida pelo empresário Michael Bloomberg.

O objetivo é promover diálogos com empresas de todo o mundo para mapear as oportunidades e desafios da divulgação de informações climáticas para o mercado e elaborar um documento global, de adesão voluntária, com recomendações sobre o reporte desses dados, a fim de que contribuam para as análises e tomadas de decisão dos investidores.

A Duratex realiza, desde 2007, a gestão de suas emissões de Gases de Efeito Estufa (GEE) e, comprometida com a transparência, realiza anualmente o reporte de seu inventário em Plataforma Online, de acordo com as diretrizes do Programa Brasileiro GHG Protocol, que é referência no tema.

Além disso, a companhia participa voluntariamente de iniciativas empresariais pioneiras no setor climático, como o CDP (Carbon Disclosure Project), que solicita informações sobre a gestão de carbono das empresas em nome de investidores. Saiba mais aqui.

 

 



Voltar