+A -A

Duratex participa da 1ª edição da Virada Sustentável no Rio de Janeiro

Companhia foi considerada case de sucesso em Gestão de Carbono no evento, que em sua primeira edição focou nos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável

A Duratex marcou presença na primeira edição do Rio de Janeiro da Virada Sustentável, evento que oferece ao público uma série de atividades gratuitas relacionadas à sustentabilidade a fim de fomentar o tema entre a população brasileira.

A capital fluminense estreou em grande estilo: de 9 a 11 de junho, a Virada Sustentável Rio de Janeiro promoveu cerca de 435 atrações – entre painéis, práticas zen, oficinas, performances artísticas, apresentações musicais, feiras e exibições de filmes – em 84 diferentes espaços da cidade, que tinham como tema os ODS (Objetivos do Desenvolvimento Sustentável) das Nações Unidas.

A Duratex participou do evento no painel “Mudanças Climáticas: Inovação e Futuro”, inspirado nos ODS 9 e 13, que visam respectivamente “construir infraestruturas resilientes, promover a industrialização inclusiva e sustentável e fomentar a inovação” e “tomar medidas urgentes para combater a mudança climática e seus impactos”.

Representada por Bruna Fernandes, especialista em Sustentabilidade, a companhia foi considerada case de sucesso em Gestão de Carbono e apresentou à plateia suas práticas que visam à redução das emissões de gases de efeito estufa.

“Possuímos diversas iniciativas que reduzem o consumo de energia e investimos continuamente no aumento da participação da biomassa em nossa matriz energética. Como consequência, desde 2012, conseguimos reduzir em 28% nossas emissões diretas de gases de efeito estufa”, conta Fernandes.

Mediado pela jornalista Janine Saponara, o painel contou ainda com a presença de:

  • Laura Albuquerque, coordenadora das Câmaras Temáticas de Mudança do Clima e Energia e Finanças Sustentáveis do CEBDS (Conselho Empresarial Brasileiro para o Desenvolvimento Sustentável);
  • Juliana Lopes, diretora do CDP (Carbon Disclosure Program);
  • Andrea Lopes, especialista em Meio Ambiente da Firjan (Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro);
  • Jorge Soto, diretor de Desenvolvimento Sustentável da Braskem;
  • Nina Braga, diretora do Instituto-E.

Para saber mais sobre as práticas de gestão de carbono adotadas pela Duratex, acesse Mudança do Clima.



Voltar