+A -A

Duratex reduz 25% das emissões em quatro anos

Companhia realiza, desde 2007, gestão de suas emissões de gases de efeito estufa e já incluiu o tema Mudanças Climáticas na agenda do negócio

Reduzir continuamente as emissões de gases de efeito estufa provenientes de suas atividades e avançar, cada vez mais, no caminho da economia de baixo carbono são compromissos da Duratex. 

Acompanhando o movimento mundial de combate às alterações do clima, a companhia realiza desde 2007 a gestão de suas emissões por meio de inventário auditado por empresa externa e publicado em Plataforma Online, de acordo com as diretrizes do Programa Brasileiro GHG Protocol, que é referência no tema.

“Esse monitoramento é essencial para conhecer o impacto de nossas atividades e, assim, tomar as medidas adequadas para cada operação, visando torná-las ainda mais eficientes do ponto de vista ambiental”, explica Bruna Fernandes, especialista da área de Sustentabilidade Corporativa da Duratex.

Entre as iniciativas mais recentes de redução de emissões adotadas pela companhia, destacam-se o projeto de substituições de óleo BPF por biomassa na geração de energia térmica, na unidade de Itapetininga (SP), da Divisão Madeira e as ações de eficiência energética implementadas em todas as unidades da Divisão Deca. Entre elas, instalação de sistema de desligamento automático de luzes nas fábricas e redução da temperatura dos fornos usados no processo de queima de louças.

“Como consequência, apenas em 2015 registramos uma redução de 8,5% em nossas emissões diretas de gases de efeito estufa”, conta Fernandes. Nos últimos quatro anos, a queda foi de 25%. Confira no gráfico ao lado!


*Os resultados também foram impactados pela redução dos níveis de produção, devido à desaceleração da economia nacional

Leia Também:
Duratex aumenta em 17% uso de biomassa para geração de energia

Voltar