+A -A

Duratex tem representante no GT de revisão da Política de Pesticidas do FSC

Coordenador de Proteção e Meio Ambiente da companhia representa o Hemisfério Sul no Grupo de Trabalho montado pelo FSC Internacional. A primeira reunião acontece de 27 a 30 de setembro na Alemanha

Primeira companhia da América do Sul a obter a certificação FSC para Manejo Florestal, a Duratex é também a única empresa da Câmara Econômica Sul a ter um representante no Grupo de Trabalho do FSC para revisão da Política de Pesticidas do órgão.

Formado por nove representantes – entre partes interessadas e especialistas técnicos –, o Grupo vai se reunir pela primeira vez entre 27 e 30 de setembro, em Bonn, na Alemanha para debater melhorias para a atual Política de Pesticidas do órgão.

Jonas Felipe Salvador, coordenador de Proteção e Meio Ambiente da Duratex Madeira, é o único representante de empresa brasileira certificada a participar do time.

“Trata-se de uma questão prioritária para as companhias que atuam no manejo sustentável de florestas plantadas, uma vez que o uso de defensivos agrícolas é uma importante ferramenta no Manejo Integrado de Pragas”, diz Salvador, que completa: “As empresas brasileiras são referência no mundo: trabalham de forma cooperativa e possuem grande conhecimento técnico e responsabilidade no uso desses produtos. Essa reunião será uma grande oportunidade de avançarmos no tema, alinhando conceitos e práticas com especialistas de diferentes países”.

Além de Salvador, o GT conta com a contribuição de outro brasileiro: Robinson Antonio Pitelli, da Unesp, que representa a Câmara Ambiental Sul. Participam ainda profissionais da Servia, Canadá, Colômbia, África do Sul, Reino Unido, Austrália e Nova Zelândia.



Voltar