+A -A

Sistema de segurança da Duratex comemora três anos de atuação

Batizada de DuraSeg, iniciativa gerou redução de 39% no número de acidentes da companhia apenas no ano de 2016

Garantir um ambiente de trabalho seguro e motivador para seus 11 mil colaboradores é um dos grandes compromissos da Duratex, que comemora a redução de 39% no número de acidentes em 2016, em comparação ao ano anterior.

O resultado é reflexo das ações promovidas pelo Sistema de Gestão de Saúde e Segurança Ocupacional da empresa, batizado de DuraSeg, que desde de 2014 atua com foco na meta de zero acidentes nas operações da Duratex.

Um dos destaques da iniciativa é o programa STOP, que já capacitou mais de 600 líderes da companhia, de gerentes a supervisores, para observar as atividades nas fábricas, florestas e áreas administrativas das unidades da Duratex e estabelecer diálogos construtivos com suas equipes sobre as melhores práticas de prevenção de acidentes.

Em 2016, o STOP registrou 21 mil observações formais sobre o tema, aproximando cada vez mais a companhia da meta de zero acidentes.

E mais: no ano que passou, a Duratex conquistou a certificação OHSAS 18001 de Saúde e Segurança para mais quatro unidades – as industriais de Botucatu (SP) e Uberaba (MG) e as florestais de Botucatu e Lençóis Paulista (SP) –, totalizando 11 plantas com a certificação internacional, que atesta o compromisso da empresa com práticas de Saúde e Segurança.

“Promover um ambiente de trabalho cada vez mais seguro e motivador a cada um de nossos 11 mil colaboradores é, inclusive, um dos grandes temas da nossa nova Estratégia de Sustentabilidade. Para 2025, assumimos a meta de ter uma taxa de frequência com afastamento igual ou menor do que 1 para colaboradores próprios e terceiros”, conta Luciana Alvarez, gerente de Sustentabilidade e Comunicação da Duratex.

Para saber mais sobre a atuação da companhia com relação ao tema Condições de Trabalho e Desenvolvimento de Colaboradores, clique aqui.



Voltar