+A -A

Duratex apoia oficinas de audiovisual para crianças em Queimados

Projeto Círculo Arte Social promove inclusão social no município por meio de aulas de audiovisual que são oferecidas a cerca de 100 crianças de escolas da rede pública da cidade

Segundo o Atlas da Violência 2018, feito pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada, o município de Queimados, no Rio de Janeiro, onde a Duratex possui operações industriais, é o mais violento do país.

Comprometida em manter um relacionamento próximo, bem como promover o desenvolvimento nas regiões onde atua, a companhia realizou Roda de Diálogo com a comunidade da cidade para entender suas principais necessidades em agosto de 2017 e, desde então, atua para ajudar a reduzir a violência no município.

Entre suas iniciativas, está o projeto Círculo Arte Social, apoiado pela Duratex por meio da Lei Rouanet. A iniciativa visa promover a inclusão social no município a partir de oficinas de audiovisual que são oferecidas a 100 crianças da Escola Municipal José Anastácia Rodrigues e da Escola Estadual Municipalizada Santo Expedito.

“As aulas são ministradas por um artista local, o Walter Mesquita, e acontecem a cada 15 dias, contribuindo para que as crianças da cidade tenham uma alternativa de atividade cultural para se envolver”, explica Daniela Vieira, responsável pelo projeto na Duratex. “Criança que se envolve com cultura se afasta da violência!”, completa.

Durante as oficinas, os alunos estão sendo provocados a construir um documentário sobre a realidade de suas comunidades, que será apresentado, de forma gratuita, a toda a população ao final do curso.



Voltar