+A -A

Duratex aumenta uso de biomassa em sua matriz energética em Taquari

Iniciativa reduziu em 90% o uso de gás natural para produção da energia térmica utilizada nos processos produtivos da fábrica

Buscando constantemente maior eficiência e menor impacto ambiental em suas atividades, a Duratex analisa progressivamente sua matriz energética e investe na redução do consumo de energia e na substituição de combustíveis fósseis por alternativas renováveis em suas unidades.

Recentemente, a fábrica da companhia em Taquari, no Rio Grande do Sul, aumentou a participação de biomassa em sua matriz energética, reduzindo em 90% o uso de gás natural (GLP) na produção da energia térmica utilizada em seus processos produtivos.

“O uso da biomassa é positivo em diversas frentes. A partir dela, temos a possibilidade de reaproveitar a madeira, gerar energia térmica por uma fonte renovável, reduzir os custos e otimizar cada vez mais nosso processo produtivo”, afirma Cosimo Giovanni Rettl, coordenador do Sistema de Gestão Integrada da Duratex.

Segundo ele, o reaproveitamento de biomassa de eucalipto proveniente de madeira não utilizada no processo produtivo ainda reduz as emissões de gases de efeito estufa da companhia.



Voltar