+A -A

Duratex promove curso de marcenaria para moradores em situação de rua

Companhia fechou parceria com o Instituto Leo Madeiras e a mobilização social Entrega por SP para oferecer capacitação gratuita para 45 pessoas que vivem em situação de rua na comunidade do entorno de sua sede administrativa, em São Paulo

Contribuir para o desenvolvimento das comunidades onde está presente é um compromisso da Duratex, que acaba de firmar parceria com o Instituto Leo Madeiras para oferecer capacitação gratuita em Marcenaria para a população em situação de rua da cidade de São Paulo, por meio do programa Leo Educa.

A Duratex garantiu a doação de 500 chapas de MDF para a iniciativa, que serão usadas durante as aulas práticas do curso.

“Nas ações que realizamos com moradores em situação de rua, por meio do nosso programa de voluntariado D+ Valor, percebemos a quantidade de pessoas que dormem nas calçadas da cidade e possuem inúmeras habilidades manuais. Surgiu daí a ideia de fazer uma parceria com o Instituto Leo Madeiras para oferecer a essas pessoas capacitação gratuita em Marcenaria e, consequentemente, uma oportunidade de saírem da situação de rua por meio de seu trabalho”, explica Débora Spitzcovsky, da área de Sustentabilidade da Duratex, que é responsável pela iniciativa na companhia.

Além da doação das chapas de MDF para o curso, ao longo da parceria a Duratex indicará 45 pessoas que vivem em situação de rua em sua comunidade do entorno para fazer a capacitação. A seleção está sendo feita com a ajuda da mobilização social Entrega por SP, que atua em prol dos sem-teto da capital paulista há cinco anos e está com financiamento coletivo aberto para arrecadar o valor do vale-transporte dos moradores em situação de rua escolhidos para fazer o curso.

As aulas da primeira turma da capacitação, que tem duração de 55 dias, começam nesta quarta-feira, dia 12 de setembro, e já contarão com a participação de 10 moradores em situação de rua selecionados pela Duratex. Segundo o Instituto Leo Madeiras, cerca de 75% dos alunos que concluem o curso conseguem trabalhar no ramo da marcenaria. Destes, 70% se tornam empreendedores após a formatura.

Desde 2017, a Duratex atua oferecendo oportunidades aos moradores em situação de rua que vivem na cidade de São Paulo. Além de promover ações, por meio de seu programa de voluntariado D+ Valor, que buscam sensibilizar os colaboradores para a realidade daqueles que dormem nas calçadas de São Paulo, a companhia implementou o projeto Robô-Luminária, que capacitou moradores em situação de rua para produzir luminárias com madeira de reaproveitamento da companhia. Saiba mais sobre a iniciativa no vídeo abaixo.



Voltar