+A -A

Duratex promove encontros pelo Brasil para desenvolver fornecedores

Parceiros tiveram a oportunidade de participar de workshop para criar e aprimorar seus Códigos de Conduta, a fim de reforçar seu compromisso com a sustentabilidade

Consciente de que tão importante quanto ter um modelo de negócio alinhado à sustentabilidade é saber que sua cadeia de suprimentos também está de acordo com esses objetivos e aspirações, a Duratex mantém desde 2012 o programa GFD (Gestão de Fornecedores Duratex).

Trata-se de um processo estruturado de gestão que avalia a cadeia de suprimentos da companhia a partir de critérios socioambientais, econômicos e de qualidade, a fim de que haja sinergia dos fornecedores com o propósito da Duratex.

Como parte desta iniciativa, a companhia mapeou cerca de 50 dos 190 fornecedores estratégicos que participam atualmente do GFD e, neste mês de julho, promoveu encontros com os mesmos.

Ao todo, foram três reuniões, realizadas nas cidades de Jundiaí (SP), Taquari (RS) e Uberaba (MG), nas próprias unidades da Duratex, em que os parceiros da companhia tiveram a oportunidade de trocar experiências com outros fornecedores e com representantes das áreas de Suprimentos e Sustentabilidade da empresa.

Na ocasião, os fornecedores também puderam conhecer de perto as operações industriais da Duratex, a partir de tour guiado pelas fábricas, e ainda participar de workshop para desenvolver e aprimorar seus Códigos de Conduta, a fim de reforçar o compromisso de seus negócios com a Ética e a Sustentabilidade e, assim, ter a chance de aumentar sua pontuação no GFD.

“A perenidade e sustentabilidade de nossos negócios depende de uma cadeia de suprimentos responsável e que compartilhe de nossos valores e compromissos. Por isso, fazemos questão de manter relação estreita com nossos fornecedores, mostrar a eles os benefícios de uma atuação pautada na sustentabilidade e mapear seus desafios, a fim de ajudá-los a superá-los”, diz Danilo Rodrigues, responsável pelo programa GFD na Duratex.



Voltar