+A -A

O conceito de melhoria contínua permeia todos os nossos processos e produtos. Por esse motivo, adotamos as melhores práticas ambientais nas operações de nossas unidades industriais e florestais, buscando o uso eficiente de recursos e a redução do consumo de água, energia e matérias-primas , o que contribui, inclusive, para a mitigação de nossas emissões de GEE (Gases de Efeito Estufa).

A prática faz parte do nosso SGA (Sistema de Gestão Ambiental), que é certificado pela ISO 14001.

Água e efluentes

Desenvolvemos inúmeros projetos de eficiência, que trazem grandes resultados ao nosso negócio, à sociedade e ao meio ambiente, de forma alinhada às metas e compromissos assumidos na Plataforma de Sustentabilidade, que, por sua vez, está integrada ao nosso Planejamento Estratégico.

No que diz respeito à redução do consumo hídrico, captamos água da chuva para irrigação do nosso viveiro de mudas na unidade de Lençóis Paulista (SP) e adotamos sistemas e mecanismos de reuso em nossos processos industriais – como na fabricação das chapas de fibra Duratree e na galvanoplastia. Em 2015, reaproveitamos 2,5 milhões de metros cúbicos de água, economizando um volume hídrico capaz de abastecer cerca de 763 mil habitantes/mês, levando em conta estimativa da ONU de que cada pessoa precisa consumir 110 litros de água por dia.

Já em relação à diminuição do descarte de efluentes e à garantia da qualidade do volume de água descartado, atuamos principalmente na redução da matéria orgânica, com desempenho superior ao previsto nas legislações aplicáveis. Investimos no aprimoramento da eficiência das estações de tratamento de todas as nossas unidades. Em São Leopoldo (RS), por exemplo, a maioria dos efluentes gerados já são reutilizados no processo produtivo da fábrica, graças a iniciativas de aprimoramento na estação local de tratamento de efluentes.

Confira todos os nossos resultados relacionados a Água e Efluentes.


Clique aqui

Energia

Já visando à redução do consumo de eletricidade, aumentamos a eficiência energética de nossos equipamentos, reduzimos a temperatura dos fornos de queima de louças e instalamos sensores de desligamento automático de luzes em nossas fábricas. Também promovemos campanhas de conscientização com os colaboradores de todas as unidades industriais, a fim de evitar o desperdício de água e eletricidade.

Além disso, investimos no uso de combustíveis de fontes renováveis em nossa produção – como, por exemplo, a biomassa, que já representa 50,4% de nossa matriz energética. Um dos nossos principais projetos nessa área promoveu a substituição do óleo BPF, derivado do petróleo, por pó de madeira (biomassa) para geração de energia térmica no processo produtivo de painéis MDP, na Divisão Madeira. Implementada na unidade de Itapetininga (SP), que está temporariamente paralisada, a iniciativa se consolidou em 2015 e contribuiu para a redução de 8,5% das nossas emissões diretas de GEE, em comparação com o ano de 2014.

Confira todos os nossos resultados relacionados a Energia.


Clique aqui