+A -A

Duratex inaugura seu primeiro viveiro na Colômbia

Localizado próximo à unidade industrial da companhia na cidade de Barbosa, o viveiro integrará o programa de melhoramento genético da empresa

Buscando sempre adotar práticas de manejo responsáveis, que aliem altíssima produtividade e conservação da biodiversidade, a Duratex mantém desde 1969 um programa de melhoramento genético no Brasil.

A iniciativa visa construir um sólido patrimônio, que garanta à companhia, de forma sustentável, o aumento da produtividade de seu negócio florestal e a melhor qualidade da madeira usada em seus processos produtivos industriais.

Como parte deste processo, neste mês de maio, a Duratex inaugurou seu primeiro viveiro na Colômbia, onde também possui operações industriais para fabricação de painéis de madeira.

Batizado de Viveiro Florestal Rio Grande, o espaço está localizado próximo à unidade industrial da companhia na cidade de Barbosa e passará a integrar o programa de melhoramento genético da empresa. “Agora temos conhecimento e tecnologia necessários para produzir material clonal com qualidade excepcional”, diz Gabriel Lopera Arango, gerente florestal da Duratex Colômbia.

Duratex inaugura seu primeiro viveiro na Colômbia

O evento de inauguração do Viveiro Florestal Rio Grande contou com a presença de representantes de empresas florestais e de fornecedores da Duratex, que, além de visitar o espaço, puderam conhecer o processo produtivo de painéis MDF da companhia na Colômbia.

A Duratex possui, atualmente, outros dois viveiros no Brasil, igualmente próximos às suas operações industriais: um na cidade de Lençóis Paulista, no interior de São Paulo, e outro no município de Uberaba, em Minas Gerais.



Voltar