+A -A

Duratex mantém maior programa de compensação florestal de GEE da Colômbia

Entre 2010 e 2017, companhia captou da atmosfera 956 mil toneladas de gás carbônico por meio das florestas que mantém no país sul-americano

Manter o aumento da temperatura global abaixo dos 2ºC está entre os maiores desafios da atualidade. A Duratex reconhece o papel das empresas nesse contexto e, por isso, atua continuamente para reduzir as emissões de Gases de Efeito Estufa (GEE) em seus processos produtivos.

A mudança do clima é, inclusive, um dos temas da Estratégia de Sustentabilidade da companhia, que traz quatro metas claras e objetivas relacionadas ao assunto, a serem atingidas por toda a empresa até o ano de 2025.

Por conta de suas ações referentes ao tema, a Duratex mantém a oito anos consecutivos o selo ouro do Programa Brasileiro GHG Protocol, que atesta alto nível de transparência na comunicação de suas informações relacionadas à Mudança do Clima.

Já na Colômbia, onde também possui operações, a companhia mantém o programa “Carvida Duratex – Bônus de Carbono pela Vida”, que entre os anos de 2010 e 2017 garantiu a captura de 956 mil toneladas de gás carbônico da atmosfera, por meio das florestas mantidas pela empresa no país. O valor equivale ao mesmo montante de CO2 emitido por todos os veículos que circulam pela Área Metropolitana de Valle de Aburrá, a segunda mais populosa da Colômbia, durante 14 dias no ano.

Os resultados do Carvida Duratex culminaram na conquista do Certificado de Compensação Florestal Icontec no ano de 2018 e garantiram à iniciativa da Duratex o título de maior programa de compensação florestal de GEE da Colômbia.

Duratex mantém maior programa de compensação florestal de GEE da Colômbia


Voltar