+A -A

Duratex reduz consumo de água em 19% nos últimos 4 anos

Em 2018, companhia foi considerada referência na forma como gere o recurso hídrico em seus processos produtivos. No ano, geração de efluentes também caiu 22%

Promover esforços contínuos para aprimorar suas operações industriais e florestais, ambicionando o equilíbrio socioambiental de toda a sua cadeia de valor, é um compromisso da Duratex, que entre outras ações investe em alternativas que garantam maior eficiência no consumo de água.

A companhia adota, por exemplo, sistemas e mecanismos de reuso em seus processos industriais – como na galvanoplastia de metais – e nas unidades florestais investe em medidas que visam reduzir a necessidade de recursos hídricos. Entre elas, possui programa de melhoramento genético que testa e seleciona espécies mais resistentes a restrições hídricas.

Como consequência, nos últimos quatro anos, a Duratex reduziu em 19% o consumo de água em seus processos produtivos. Apenas no ano de 2018, 24% da água consumida pela companhia foi reutilizada na fabricação de seus próprios produtos. A empresa já possui, inclusive, fábrica em que 100% da água utilizada é de reuso.

Duratex reduz consumo de água em 19% nos últimos 4 anos

Os dados foram todos divulgados na última edição do Relatório Anual da Duratex, lançada em fevereiro, que aponta também que a companhia reduziu em 22% sua geração de efluentes, em comparação com o período anterior.

Para o ano de 2025, a empresa – que foi considerada referência na forma como gere a água em seus processos produtivos – prevê reduzir em 10% o consumo relativo do recurso em suas atividades, além de diminuir em 50% o volume hídrico usado nos processos de irrigação de suas florestas. As metas estão contempladas na Estratégia de Sustentabilidade da companhia, que guia a atuação de 100% de seus colaboradores.



Voltar